Barra do Garças será sede da semifinal e final do Rock do Cerrado Festival

Barra do Garças, a Capital do
Turismo no Vale do Araguaia, será
sede da semifinal e final do
Rock do Cerrado Festival

Barra do Garças foi a cidade escolhida para sediar a semifinal e a final do Rock do Cerrado Festival, que será realizado dentro da programação do 23º Motorcycle do Araguaia – O Rock do Cerrado, que acontece entre os dias 10 a 14 de junho, no Porto do Baé. Neste final de semana, os representantes da empresa Starglen Produções e Eventos, com sede em Brasília (DF), estarão em Barra do Garças para definir os últimos detalhes. Em dezembro estiveram aqui para propor o evento e solicitar a autorização do nome “Rock do Cerrado”.

O festival será realizado em cinco etapas: 1ª etapa (inscrições); 2ª etapa (triagem e seleção); 3ª etapa (eliminatórias regionais); 4ª etapa (semifinal) e 5ª etapa (final). As inscrições começaram último dia 20 e se estenderão até o dia 29 de fevereiro. A ficha de inscrição e demais informações sobre o concurso estarão disponíveis no site oficial www.rockdocerradofestival.com.br.

O Rock do Cerrado Festival terá quatro cidades-sedes, Brasília, Goiânia e Cuiabá, onde serão realizadas as eliminatórias e em Barra do Garças acontecerão a semifinal e a final. Serão distribuídos R$ 35 mil reais em premiação, R$ 20 mil para o 1º; R$ 10 mil para o 2º e R$ 5 mil para o terceiro colocado.

Segundo a Secretária de Turismo, Mônica Porto, o Rock do Cerrado Festival será uma das novidades que o Motorcycle vai trazer para os motociclistas e para o público que comparece para prestigiar o maior evento motociclístico do Centro Oeste.

“A promessa é a de bons shows regionais, já que serão 12 bandas a participar da semifinal, 4 de cada cidade-sede das eliminatórias. Além disso, estamos buscando mais shows e atrações para o evento. A iniciativa do festival é buscar uma renovação das bandas de rock no cenário do Centro Oeste, que já revelou tantos nomes nacionais como Paralamas do Sucesso, Legião Urbana, Plebe Rude e Capital Inicial. O festival não se limita ao rock, contemplando também o pop, o metal e o blues. Será uma honra sediar este festival e quem sabe ver sair daqui grandes talentos”, disse Mônica Porto. (Secom-BG)

Denizar de Sá - CEO Denizar A Tribuna