Enel Distribuição Goiás faz balanço do plano de investimento na Zona Rural

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Enel Distribuição Goiás faz balanço
do plano
de investimento
na Zona Rural

Entre as ações está a instalação de religadores automáticos na rede, solucionando com mais rapidez os desligamentos por queda de chave fusível. Só nesta frente foram investidos R$ 21,4 milhões.

Goiânia, 31 de agosto de 2021 – A Enel Distribuição Goiás anunciou, em janeiro deste ano, um plano de ações para a melhoria da qualidade do fornecimento de energia na zona rural do Estado. O Plano Rural, como foi batizado, engloba a intensificação de investimentos e melhorias na rede elétrica, com instalação de novas tecnologias, manutenções e construção de novas redes, além de melhorias no atendimento prestado ao produtor rural. O plano foi anunciado durante reunião com a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que está acompanhando o andamento das ações.

Como parte do plano, a companhia desenvolveu um novo sistema de monitoramento de ocorrências que identifica os clientes que mais sofrem com a reincidência de quedas de energia na zona rural. A partir da análise por esse sistema, esses clientes são priorizados tanto no atendimento emergencial quanto na realização de ações preventivas de manutenção, como poda, limpeza de faixa e correção de defeitos, a fim de garantir maior estabilidade no serviço. 

Já como parte do plano, somente em 2021 e em áreas rurais, a companhia realizou 33 mil manutenções em estruturas degradadas, podou 23 mil árvores que estavam em contato com a rede elétrica e limpou 25,3 mil quilômetros quadrados de faixa de servidão. E o trabalho não para por aí. Até o final do ano serão outras 18 mil manutenções, 2,5 mil podas e 10,3 mil quilômetros quadrados de limpeza de faixa de servidão. 

Adicionalmente, o Plano Rural inclui um investimento de R$ 21,4 milhões na instalação de 1.655 Trip Savers, que são religadores automáticos dos ramais monofásicos que atendem clientes rurais, somente em 2021. “Nos primeiros sete meses de plano, já concluímos a instalação de cerca de 680 equipamentos e o restante já está com a montagem programada e entrará em operação até o final deste ano. Com essa tecnologia, reduziremos consideravelmente o número de quedas de energia e a reincidência. Na grande maioria das ocorrências, não precisaremos mais enviar uma equipe apenas para bater a chave e religar a energia, pois isso será feito automaticamente”, destaca José Luis Salas, diretor de Infraestrutura e Redes da Enel Distribuição Goiás.

A companhia também está trabalhando na instalação de tecnologia na zona rural onde as redes são trifásicas. Com o projeto Telecontrole, já foram instalados 285 equipamentos telecontrolados, entre religadores automáticos e chaves telecomandadas, na zona rural. Esses aparelhos são comandados remotamente, pelo Centro de Operações, que fica em Goiânia, e permitem rápidas recomposições da rede elétrica em casos de falhas transitórias, ou seja, quando não há dano estrutural. Além disso, eles permitem a localização dos possíveis pontos de defeitos quando há estruturas danificadas, agilizando o trabalho das equipes de campo. Outros cerca de 310 equipamentos telecontrolados estão previstos para entrarem em operação, totalizando R$ 44 milhões investidos nesta tecnologia somente na zona rural de Goiás.

Ainda segundo o diretor, o plano também contempla a substituição gradativa de redes muito antigas e ultrapassadas, por redes novas, construídas com materiais e equipamentos de qualidade. “O maior desafio da empresa em 2021 é mudar a realidade do fornecimento de energia na zona rural. São regiões com redes muito velhas, degradadas, monofásicas, que precisam de muito investimento e, a partir desse plano, com ações de curto, médio e longo prazo, estamos concentrando nossos esforços para garantir que os produtores rurais de Goiás tenham mais estabilidade e confiabilidade no serviço”, afirma. Até o momento, já foram construídos 225 quilômetros de novas redes de distribuição em zonas rurais do Estado e, até o fim do ano, outros cerca de 240 quilômetros serão entregues, totalizando R$ 78,4 milhões em investimento.

O Plano Rural inclui, ainda, ações voltadas ao atendimento prestado ao cliente rural. Para melhorar esse contato, a Enel desenvolveu um atendimento por WhatsApp exclusivo para o produtor rural, por meio do número (62) 99829-9908, que funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, e é feito totalmente por atendentes humanos. A companhia também desenvolveu, em parceria com a Federação da Agricultura do Estado de Goiás (Faeg), o aplicativo Apporteira – www.apporteira.com.br -, disponível gratuitamente para Android e IOS. Ambos os canais podem ser usados pelos produtores exclusivamente para informar a falta de energia elétrica. Além disso, tablets foram disponibilizados em sindicatos rurais de cidades com potencial agropecuário para facilitar o acesso dos produtores aos canais de atendimento da companhia. 

Sobre a Enel Distribuição Goiás 

A Enel Distribuição Goiás, subsidiária da multinacional italiana Enel, atende 237 municípios do Estado de Goiás, abrangendo 98,7% do território estadual, com cobertura de uma área de 336.871 km². A Região Metropolitana de Goiânia representa a maior concentração do total de 3 milhões de clientes atendidos pela companhia. 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×