CDL de Rio Verde presente no IV Fórum Nacional do Comércio

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

IV Fórum Nacional do Comércio
traz mensagem otimista
para economia brasileira

O IV Fórum Nacional do Comércio aconteceu entre os dias (17 e 18/09), no Royal Tulip, em Brasília, com a presença das maiores lideranças do varejo do país. Autoridades como os ministros da Economia e Justiça, Paulo Guedes e Sérgio Moro, presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, uniram-se aos mais de 900 convidados para fazer parte do maior evento já realizado pelo Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas.

A CDL Rio Verde mais uma vez esteve presente ao evento, o presidente Mário Furacão participou do Fórum.

O Fórum Nacional do Comércio teve uma programação de debates com painéis de política, economia e gestão empresarial com a participação, entre outros, dos deputados Efraim Filho, Jorginho Melo e Felipe Franceschini o secretário especial de Trabalho e Previdência, Rogério Marinho.

O evento contou com as palestras de especialista do mercado, com o CEO da startup Pegaki, João Cristofolini, o executivo líder da área de Soluções de Indústria para os mercados de Varejo e Bens de Consumo da IBM Brasil, Ênio Garbin e o diretor de criação da Publicis Brasil, Samuel Normando.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Equipamentos e Serviços para o Varejo (ABIESV), Marcos Andrade, abriu as discussões com a apresentação da palestra “Visual merchandising e a experiência do consumo”. Segundo Andrade, ao contrário do que se pensa, a loja física ainda é muito importante para o cliente. “Os clientes estão dispostos a usar tecnologia, mas seguem inspiradas pelos espaços criados pelos lojistas”, diz. “85% das vendas ainda tem origem nas vitrines”, diz Marcos.

No painel Encontro de Gerações, um dos fundadores da loja Zaitt, Rodrigo Miranda, e a vice-presidente do Conselho de Administração do Grupo Sabin, Janete Vaz, falaram sobre empreendedorismo jovem. Janete contou sua história e explicou os caminhos que a levaram a ser uma empresária de sucesso no ramo de laboratórios.

Para falar sobre os desafios do varejo no atual cenário nacional o evento convidou o diretor técnico do Sebrae, Bruno Quick. Bruno elogiou o movimento de lojistas que agora cresce, mostra a sua cara e cobra a aplicação da sua agenda.

Falando para um setor que movimenta mais de R$ 340 bilhões, Paulo Guedes saudou os integrantes do Sistema CNDL e reafirmou a confiança nas reformas que o governo está capitaneando. O ministro disse que as ações do governo, com apoio do Congresso, muito em breve trarão resultados. “Tínhamos um diagnóstico quando assumimos. Os gastos públicos deveriam ser enfrentados e as reformas deveriam ser implementadas, só assim o Brasil encontraria uma rota de crescimento sustentável”.

O presidente da CNDL, José César da Costa, seguiu o pensamento do ministro. Afirmou que o momento do Brasil é de transformação e exige de todos os brasileiros coragem para enfrentar os desafios que se abrem ao país. “Quando o povo brasileiro se lançou às ruas pedindo mudanças, assumiu um programa inovador e disruptivo a ser implantado e cumprido por toda a Nação”, disse.

O ministro da Justiça, Sergio Moro, foi o grande homenageado no encerramento do IV Fórum Nacional do Comércio. Moro foi agraciado com o prêmio Mérito Lojista Nacional, considerado do “Oscar do Varejo”. A honraria homenageia empresas, personalidades políticas, empresariais, e meios de comunicação que mais contribuíram para o bom funcionamento do comércio brasileiro.

O ministro recebeu a estatueta das mãos do presidente da CNDL, José César da Costa e foi cumprimentado pelos 27 presidentes das Federações do Sistema CNDL. Moro agradeceu a homenagem, se disse honrado e lembrou da importância do setor varejista. “Esse é um dos setores mais importantes da nossa economia, o que mais emprega. Esse prêmio é motivo de muito orgulho”, disse. Em sua fala, o ministro afirmou que um “um país mais seguro tem um ambiente mais propenso para o desenvolvimento da economia”.

Ao final, o público aplaudiu efusivamente Sergio Moro. Um convidado que deu ao IV Fórum Nacional do Comércio um encerramento à altura do que foram os dois dias de evento, certamente o mais importante desde a sua criação.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Denizar de Sá - CEO Denizar A Tribuna
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×