Educação discute a BNCC em Torixoréu-MT

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

DIA “D” – Base Nacional Comum Curricular é discutida em Torixoréu


Nessa tarde de segunda feira,26/03/18, às 16h00min, na sede da Secretaria Municipal de Educação, reuniram a Secretária Municipal de Educação Ágda Martins de Sousa, a Assessora Pedagógica do Município Profª.Mara Rúbia Vilela Matos, Profª Eny Rodrigues, com o coletivo de profissionais da educação da Creche Municipal Mãe Ditinha e da Escola Municipal São José, para a realização do “Dia D”, uma iniciativa colaborativa entre MEC, CONSED, UNDIME e escolas, com a mobilização e implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), para a Educação Infantil e Ensino Fundamental.
Como proposta educacional a Base deve ser debatida pelos estados e municípios para a construção dos currículos locais. Sendo que todas as escolas e redes de ensino deverão adaptar e rever os seus currículos em 2018, sendo a Base implementada pelas escolas brasileiras até o início do ano letivo de 2020 e revisada a cada cinco anos, respeitando a diversidade social e regional de cada localidade. Lembrando que a Base não é currículo, é um conjunto de referenciais sobre as quais o processo crítico e criativo das escolas vai elaborar seu processo curricular. A formação de professores, materiais didáticos e avaliações também devem ser revisados a partir da BNCC.
O momento de reflexão teve início com uma oração dirigida pela Assessora Pedagógica do Município, Profª Mara Rúbia Vilela. Na sequência a fala da Secretária de Educação Ágda Martins, que explanou, em linhas gerais, o que é a BNCC, e falou sobre a importância e a necessidade de estudar e documento e adequar o currículo da Rede Municipal de Ensino. Dando prosseguimento aos estudos com a apresentação das competências da BNCC, pela equipe técnica pedagógica da Secretaria de Educação, com a participação do quadro de profissionais ali presentes.
A Base Nacional Comum Curricular (BNCC), prevista no Plano Nacional de Educação (PNE), começou a ser construída em 2015, seguindo um processo conduzido pelo Ministério da Educação (MEC), Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Educação (Consed), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e Conselho Nacional de Educação (CNE).
A BNCC é uma política de estado que perpassa governos e políticas partidárias. É um passo importante para o avanço da educação brasileira, pois traz diretrizes que orientam a elaboração dos currículos das redes municipais, estaduais e federal de ensino, tanto nas escolas públicas quanto particulares, conforme determina a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN), é responsabilidade das escolas elaborarem seus currículos.
A parte sobre Educação Infantil na BNCC foi pensada para contemplar seis direitos de aprendizagem das crianças: conviver, brincar, explorar, participar, expressar-se e conhecer-se, os quais estão relacionados às 10 competências da BNCC.
Para o Ensino Fundamental, além de outros, o destaque é para a alfabetização, que deve ser garantida no primeiro e no segundo ano, quando anteriormente, as escolas tinham até o terceiro ano para alfabetizar a criança. Sendo considerada alfabetizada a criança que conseguir ler e produzir textos adequados ao seu momento, com isso contribuir para reduzir as desigualdades educacionais e promover a qualidade da aprendizagem
Para que todos possam conhecer o texto da BNCC, o material completo ficará disponível na plataforma Educação é a BASE que poderá ser acessada em www.basenacionalcomum.mec.gov.br: Destaca-se aqui a importância de que a BNCC seja conhecida, estudada e analisada por todos os profissionais da educação, como também por toda sociedade brasileira, uma vez que trata-se de mudanças e implementações consideráveis no processo educacional.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Denizar de Sá - CEO Denizar A Tribuna

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×