Lissauer recebe Henrique Meirelles e Kassab na Alego e recebe convite para filiação ao PSD

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Lissauer recebe Henrique Meirelles e Kassab na Alego e recebe convite para filiação ao PSD

Presidente já integrou os quadros da sigla em seu primeiro mandato e recebeu elogios das lideranças nacionais pelo trabalho e expressividade na política goiana
O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB), recebeu na tarde desta sexta-feira, 25, o secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles, no gabinete da presidência. Acompanhado do presidente nacional no PSD, Gilberto Kassab, e estadual, Vilmar Rocha e do senador Vanderlan Cardoso, a visita institucional também teve o intuito de convidar o presidente do Legislativo goiano para se filiar novamente ao PSD.
Lissauer recepcionou a comitiva na Alego após um encontro do partido na Capital e reunião no Palácio Pedro Ludovico Teixeira com o governador Ronaldo Caiado. Meirelles é goiano e tem avaliado a possibilidade de postular uma vaga ao Senado por Goiás nas próximas eleições. Ele já foi eleito deputado federal pelo estado, em 2002, mas renunciou ao cargo para ocupar a presidência do Banco Central na então presidência de Lula. Recentemente, Meirelles trocou o MDB, sigla a qual disputou eleição à presidência da República, e se filiou ao PSD.
O presidente afirmou ter sido uma honra recepciona-los na Alego e conversas sobre diversos assuntos políticos de Goiás e do Brasil. “Reunião extremamente positiva, várias lideranças políticas aqui de renome nacional e de Goiás, como senador e deputado federal do PSD e para nós é uma honra receber o ministro Meirelles, que é goiano, mas que já prestou relevantes serviços para o país na área econômica”, destacou.
CONVITE AO PSD
Em seu primeiro mandato, em 2014, o presidente Lissauer foi eleito pela sigla comandada por Kassab e Vilmar e, agora, recebe novamente convite para retornar à sigla.
Durante o encontro, Lissauer foi bastante elogiado por Kassab e Vilmar, que destacaram a atuação à frente do Legislativo e o consideraram uma liderança em ascensão. “Essa visita, em primeiro lugar, é uma homenagem ao trabalho que o presidente Lissauer vem realizando. Pessoa muito bem preparada, que exerce uma liderança importante na Casa e no estado, e que está tendenciado ao longo dos próximos anos a ocupar os mais diversos cargos da vida pública em Goiás e do Brasil”, destacou.
Kassab também afirmou que ter Lissauer nos quadros do partido seria uma satisfação imensa e daria uma grande dimensão à sigla. A mesma perspectiva foi endossada pelo presidente estadual, Vilmar Rocha, que em outras oportunidades, já havia adiantado o convite. “Esse convite é um reconhecimento à liderança política do Lissauer, que hoje é um dos quadros políticos do estado que mais cresceram, embora jovem. E ele já foi eleito pelo nosso partido, e viemos aqui para convidar ele a voltar para o PSD. Respeitamos o tempo dele, mas com a presença de vários líderes aqui, reafirmamos que queremos ele no nosso partido”, enalteceu.
Lissauer agradeceu o convite e falou da boa relação que tem com os membros do partido, mas destacou que ainda é tempo de dialogar e refletir as propostas que tem recebido, já que ainda não estão definidas as regras para a janela partidária. “Tenho simpatia com os membros do PSD, é um partido que nós temos amizade, porém eu preciso ter cautela. O momento de decisão não é esse, agora é hora de conversarmos, dialogar, ainda temos um tempo para discutir, mas fico imensamente grato com a visita e o convite”, destacou. O presidente ainda lembrou que o período de mudança partidária deve acontecer a partir de março do próximo ano, cerca de sete meses antes das eleições.

Também estiveram presentes no encontro o deputado federal Francisco Junior (PSD) e os deputados estaduais Coronel Adailton (Progressistas), Wilde Cambão (PSD), Cairo Salim (Pros) e Maycllyn Carreiro (PRTB); o diretor-geral da Alego e membro executivo do PSD, Wesley Borges; o diretor institucional e presidente do PSD Metropolitano, Simeyzon Silveira e o ex-presidente da Alego, Samuel Almeida. Fotos: Ruber Couto

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×