Prefeito Rogério Cruz anuncia mais 100 leitos para tratamento da Covid-19

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Prefeito Rogério Cruz anuncia
mais 100 leitos para tratamento
da Covid-19 em Goiânia

Estrutura está sendo montada no Hospital das Clínicas e será disponibilizada a partir da próxima segunda-feira (8/3), conforme demanda. Medida é resultado de ações que vêm sendo implementadas na capital com o objetivo de enfrentar a pandemia do coronavírus

Em visita ao Hospital das Clínicas (HC), na manhã desta quarta-feira (3/3), o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, anunciou a implantação de novos 100 leitos para tratamento da Covid-19, sendo 50 de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e outros 50 de enfermaria. A estrutura já está sendo montada e será disponibilizada aos pacientes da capital a partir da próxima segunda-feira (8/3) de forma gradativa, conforme demanda. 

De acordo com o prefeito Rogério Cruz, o convênio é assinado entre a Prefeitura de Goiânia e a Fundação de Apoio ao Hospital das Clínicas (Fundahc) da Universidade Federal de Goiás (UFG) e visa disponibilizar além dos leitos, os profissionais que vão atuar na unidade de saúde. “Com esse convênio, estamos trazendo mais condições de segurança à população de Goiânia no que diz respeito ao enfrentamento da Covid-19”, citou o prefeito durante coletiva de imprensa e após reunião com os dirigentes da UFG, Fundahc e HC. 

Aos jornalistas, Rogério Cruz disse que desde quando assumiu a administração municipal, em 1º de janeiro, não deixou de trabalhar em prol do enfrentamento do coronavírus. “Estamos trabalhando muito e não vamos deixar de atender à população. Para se ter uma ideia, desde que assumi, aumentamos de 136 para 248 leitos de UTI e de 110 para 159 leitos de enfermaria”, enumerou o prefeito, ao acrescentar que hoje são mais 50 de UTI e 50 de enfermaria. 

“É necessário ressaltar a todos moradores de Goiânia que somente a abertura de novos leitos de UTIs não resolverá o problema da pandemia na cidade”, frisou o prefeito Rogério Cruz, ao acrescentar a importância da conscientização das pessoas nesse momento tão sério. “Nunca é tarde lembrar que essa segunda onda está muito forte e temos que nos cuidar sempre quanto ao uso de máscaras, lavar frequentemente as mãos, usar o álcool em gel, além de respeitar o distanciamento social e somente sair de casa se for mesmo necessário”, alertou. 

Questionado sobre a atualização do decreto publicado no Diário Oficial do Município no último dia 27 de fevereiro, que estabeleceu novas restrições na capital, em consonância com as gestões municipais da Região Metropolitana de Goiânia, o prefeito Rogério Cruz disse que o diálogo está mantido, mas conforme ele, os números ainda estão preocupantes. “Quanto aos leitos, estamos com uma taxa de ocupação de 89% em leitos de UTI e 91% em enfermaria”, citou, ao mencionar que tem recebido sugestões por parte do setor produtivo de Goiânia e que serão analisadas pela equipe técnica da prefeitura. 

Já o diretor do Hospital das Clínicas, José Garcia, disse que a unidade de saúde está preparada para receber os novos pacientes com Covid-19. “Nossa área física está pronta e contamos com estrutura de última geração para atender esse novo convênio com a Prefeitura de Goiânia”, citou o diretor, ao dizer que seria não necessitar desses novos leitos, mas, segundo ele, a realidade é outra. “Digo isso porque essa doença é terrível e a sua transmissão é muito alta”, pontuou José Garcia. 

Boletim

O último boletim sobre o coronavírus em Goiânia, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, registra 113.174 casos de infectados com o Covid-19, 334 pessoas em acompanhamento em casa, 3.807 internações em UTI, 109.455 recuperados e 2.676 óbitos. A taxa de ocupação é de 89% em leitos de UTI e 91% em enfermaria.  (Mauro Júnio, da Diretoria de Jornalismo )

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Denizar de Sá - CEO Denizar A Tribuna

Deixe uma resposta

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×