Desafios no período de creche na produção suína

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Desafios no período de creche na produção suína

Por Felipe Ceolin, Consultor Técnico Nacional de Suínos da Cargill Nutrição Animal

A creche é uma complexa fase de transição da vida dos suínos, onde os leitões deixam precocemente a maternidade e sua fonte principal de alimento (leite materno) e vão para um novo ambiente, uma nova formação social e passam a consumir, na maioria das vezes, um alimento seco (ração) e com componentes de origem vegetal. Para o produtor, conhecer os desafios e saber como superá-los pode ser fator chave para melhorar a produtividade e, consequentemente, a rentabilidade do seu negócio.

Os primeiros dias após o desmame são os mais críticos para a adaptação dos suínos a creche. Estudos, além da prática, mostram que nesta fase os leitões costumam consumir pouco, sendo assim envolvidos em um processo de balanço energético negativo, mobilizando reservas corporais e perdendo peso. O baixo consumo também acarreta desafios intestinais, impactando negativamente a digestibilidade dos nutrientes e aumentando o risco de diarreias.

Preparar o leitão ainda na maternidade pode ser vital. Estimular o consumo de ração nesta fase ajuda a adaptação e o reconhecimento do alimento após o desmame. Esta ração precisa ser de alta digestibilidade e de base láctea, porém deve “sutilmente” apresentar para os leitões o conteúdo vegetal dos grãos e cereais afim de estimular o seu sistema enzimático digestório.

MANEJO DE CRECHE EM SUÍNOS

Outra ferramenta importante é um bom protocolo alimentar nos primeiros dias de creche. Esta é uma fase de transição, da interrupção do consumo do leite materno. Nesta fase, algumas tecnologias que estimulam o consumo e a digestibilidade da ração, que diminuam os fatores antinutricionais e garantam a saúde intestinal, podem ajudar na transição para a fase de rápido crescimento, que costuma ser baseada em dietas mais simples e de menor custo. Esta transição adequada também contém um fator multiplicador sobre o ganho de peso nas fases subsequentes.

Conhecer aspectos fisiológicos dos leitões e os desafios do desmame, aliado a uma nutrição de alta tecnologia e manejos adequados na creche, fazem toda a diferença na produtividade da suinocultura, além, é claro, no bolso do produtor.

Sobre a Cargill

Os 155 mil funcionários da Cargill em 70 países trabalham para atingir o propósito de nutrir o mundo de maneira segura, responsável e sustentável. Todos os dias, conectamos agricultores com mercados, clientes com ingredientes e pessoas e animais com os alimentos que precisam para prosperar. Unimos 153 anos de experiência com novas tecnologias e insights para sermos um parceiro confiável aos clientes dos setores de alimentos, agricultura, financeiro e industrial em mais de 125 países. Lado a lado, estamos construindo um futuro mais forte e sustentável para a agricultura. No Brasil desde 1965, somos uma das maiores indústrias de alimentos do País. Com sede em São Paulo (SP), estamos presentes em 17 Estados brasileiros por meio de unidades industriais e escritórios em 160 municípios e mais de 10 mil funcionários. Para mais informações, visite www.cargill.com e a central de notícias.

Sobre a Nutron

A Nutron, marca de nutrição animal da Cargill no Brasil, é especialista e líder em soluções inovadoras de produção animal por meio de desenvolvimento de núcleos, premixes e especialidades para os segmentos de aves, suínos, peixes, pets, bovinos de leite e de corte e suplementos para criação de gado a pasto. Há 23 anos no País, a marca sempre atuou próximo do produtor para atender sua demanda com conveniência, qualidade e segurança contribuindo com a prosperidade nos negócios de cada cliente. A companhia também promove ações socioambientais nas comunidades onde está inserida, pois considera ser seu dever atuar de maneira responsável para o desenvolvimento e crescimento sustentável de toda a cadeia produtiva do agronegócio. www.nutron.com.br

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×