Estado e Ambev iniciam encontros com produtores de mandioca

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Estado e Ambev iniciam encontros
com produtores de mandioca

O projeto teve início em 2020, visa favorecer aos agricultores familiares com a compra
de mandioca, pois o segmento apresenta dificuldades de comercialização. (Foto: Emater-GO)

Agricultores familiares do interior do Estado estão recebendo orientações de representantes do Governo de Goiás e da Ambev em relação ao projeto Cerveja de Mandioca. A rodada de encontros começou na última quinta-feira (12), em Itauçu, e irá passar por diversos municípios ao longo dos próximos dias. Participaram cerca de 20 produtores de mandioca cadastrados pela Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) para fornecimento de matéria-prima para a fabricação da cerveja feita a partir da fécula da raiz.

O intuito principal das reuniões é expor detalhes sobre o programa e sanar as dúvidas dos produtores. O projeto teve início em 2020, visando favorecer agricultores familiares com a compra de mandioca, uma vez que o segmento apresenta dificuldades de comercialização em decorrência do baixo volume de produção. A compra é feita de forma direta, sem intermediários, cabendo à Emater o mapeamento e organização das famílias rurais beneficiadas.

Segundo o diretor de Assistência Técnica da Emater, Antelmo Teixeira, que foi um dos representantes no encontro em Itauçu, a rodada de reuniões é importante para estabelecer um diálogo ainda mais próximo entre os agricultores e a empresa. “A dúvida mais recorrente foi qual produtor pode ter acesso ao programa, quantidade que deve ser plantada e se a Ambev garante a compra”, afirma Antelmo.

A cervejaria realiza contrato por safra com agricultores familiares que tenham a Declaração de Aptidão (DAP) ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), documento que funciona como uma espécie de carteira de identidade do agricultor familiar ou empreendimento familiar rural. O registro também pode ser emitido nos escritórios locais da Emater nos municípios.

Também estiveram presentes na reunião o engenheiro agrônomo da Ambev, Fábio Ferreira; pela Emater, a técnica local Maria Amabini Costa, a coordenadora regional Esmeralda de Aguiar Araújo e o assessor regional Juscimar Barroso; e o vice-prefeito de Itauçu, Clayton Pereira de Melo.

O próximo município a receber os representantes é Guapó, na tarde desta sexta-feira (12). O secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Antônio Carlos Lima Neto, e o presidente da Emater, Pedro Leonardo Rezende, irão participar da ação. Todos os encontros estão acontecendo em locais arejados, com distanciamento social e cumprindo os demais protocolos de segurança em razão da pandemia de Covid-19.

Ampliação do projeto

O Governo de Goiás e a Ambev anunciaram em janeiro deste ano a ampliação do projeto. A expectativa para 2021 é de que todos os municípios goianos participem para que seja atingida a meta de 7 mil toneladas de mandioca adquiridas da agricultura familiar. No início, a aquisição foi feita na região Nordeste, a mais vulnerável do Estado, e agora abre espaço de oportunidade de comercialização aos agricultores familiares de todas as regiões.

Além disso, serão disponibilizados R$ 847 mil para o desenvolvimento de pesquisas de melhoramento genético da mandioca e desenvolvimento de novas variedades. Os recursos foram captados da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) por meio de projeto estruturado pela Emater em conjunto com a Seapa para investimentos na Estação Experimental da Agência Goiana em Porangatu.

Um programa de melhoramento genético da raiz já está em andamento na unidade, com o objetivo de obter variedades mais produtivas, adaptadas às condições das regiões Norte e Nordeste, caracterizadas pelo baixo índice de chuvas e solo pobre em nutrientes. Os testes avançados de produtividade com os materiais que apresentarem boas características agronômicas devem ser instalados em 2022

Fonte: Emater-GO

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×