“Não tenho a política como meio de sobrevivência, mas como um instrumento de transformação social”, diz Lissauer durante entrevista à TBC

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

“Não tenho a política como meio
de sobrevivência, mas como um
instrumento de transformação social”,
diz Lissauer durante entrevista à TBC 

Visualização da imagem

O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás foi o convidado da edição do Boa Noite Goiás desta terça-feira,
programa exibido, ao vivo, pela TV Brasil Central (TBC) e veiculado também pela TV Alego 

Em entrevista concedida ao programa Boa Noite Goiás, da TV Brasil Central (TBC), na noite desta terça-feira, 23, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB), abordou uma série de assuntos relacionados a sua gestão à frente do Parlamento goiano e também à vida parlamentar. Na oportunidade, o chefe do Poder Legislativo destacou questões importantes relacionadas à realidade fiscal do estado, seu relacionamento junto ao governo estadual, além de seus projetos futuros. Entre eles, a possível candidatura ao cargo eletivo de deputado federal em 2022.  

Reforçando o seu compromisso com a população goiana e, sobretudo, com os seus eleitores, o presidente da Alego ressaltou durante a entrevista que o seu objetivo, enquanto representante público é atuar em prol das necessidades dos municípios goianos e, principalmente, do desenvolvimento do estado de Goiás. Segundo Lissauer, é pautado nesse ideal que ele buscará uma cadeira no Congresso Federal nas próximas eleições visando ampliar ainda mais o seu trabalho parlamentar.  

“Eu acho que o eleitor quer ver o crescimento político e público de seu representante. Eu já estou em meu segundo mandato como deputado estadual e pretendo fazer mais pelo estado de Goiás, por isso, vamos trabalhar para viabilizar um espaço na Câmara Federal. Vejo que o trabalho que estamos desenvolvendo durante esses quatro anos nos dá a condição de pleitear esse cargo e vamos atuar para chegar lá e ocupar uma posição de destaque pensando sempre no melhor para a nossa população”, afirmou.  

Lissauer salientou ainda que desejar construir uma história positiva em sua vida pública fazendo dela um verdadeiro instrumento de transformação social. “Nós estamos na política para melhorar a vida da sociedade e o que eu quero enquanto parlamentar é construir uma história positiva na política goiana e também na minha vida. Vejo que mandato eletivo não é profissão, eu tenho a minha profissão, sou empresário do ramo da comunicação e minha atividade principal é a de produtor rural, então eu não tenho a política como meio de sobrevivência, mas sim como um instrumento de transformação na vida das pessoas”, pontuou. 

Inflação 

Outro tema abordado durante o programa foi a alta dos preços dos combustíveis em Goiás e o papel do governo estadual nessa questão. Questionado sobre a atuação legislativa nessa pauta, o chefe do Poder Legislativo esclareceu que o debate sobre a redução no valor do álcool e da gasolina no estado precisa acontecer primeiramente em nível federal.  

Segundo ele, para que os entes federados reduza a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) incidentes sobre os combustíveis, é necessário que a União faça alterações importantes no Pacto Federativo visando um melhor ajuste na partilha dos recursos entre o Governo Federal, estados e municípios.  

“Sabemos que os preços nas bombas precisam cair, mas vejo que essa questão é uma politica que precisa ser tratada principalmente a nível federal do que estadual. Não é só o combustível que está mais caro, nós estamos vivendo uma verdadeira inflação descarrilada em nosso país. Por isso é extremamente importante que a União reveja o Pacto Federativo, reduzindo a carga tributária e ajustando o repasse de recursos para os estados e municípios e, dessa forma, os governadores poderão então reduzir os impostos sobre os combustíveis”, explicou.  

Relacionamento com o Executivo 

Ainda durante a entrevista, o presidente do Legislativo goiano também falou sobre o seu relacionamento junto ao Poder Executivo. De acordo o parlamentar, o diálogo e a transparência são os principais fatores para a relação republicana e harmônica estabelecida entre a Assembleia Legislativa e o governo de Goiás, princípios que, para ele, contribuem significativamente para que os benefícios cheguem até a população goiana.  

“Nós temos uma sintonia muito boa com o governador Ronaldo Caiado, tudo que nós tratamos é com transparência e diálogo. Sabemos que na política existe aquela coisa de leva e trás, mas a partir do momento que comecei a conversar com o Poder Executivo de forma clara e republicana, nós conseguimos fazer com que nada abalasse o nosso trabalho e reafirmo aqui a boa intenção do governo de Goiás e da Assembleia Legislativa que é de trabalhar pelos 7 milhões e duzentos mil goianos”, finalizou. (Fotos: Ruber Couto)

Visualização da imagem

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×