Receitas fáceis de fazer para dar ao bebê na Introdução Alimentar

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

A fase da introdução alimentar é importantíssima para a saúde da criança. É nessa fase que o bebê vai experimentar os alimentos e aprender hábitos alimentares saudáveis. No entanto, diversas mães possuem dúvidas sobre o que oferecer e como preparar as refeições. Será que tem receitas mais simples para essa fase? O que pode oferecer? E o que não oferecer? Qual o melhor alimento?

Antes de tudo, é necessário que você saiba que uma introdução alimentar realizada adequadamente vai garantir que a criança aprenda a comer todos os tipos de alimentos saudáveis e além disso, irá estimular a mastigação. Várias mães têm em mente que oferecer papinhas ajudam o seu filho a se alimentar melhor, a comer de tudo, mas na prática não é bem assim que ele vai aprender.

 

Sem dúvidas, nessa etapa é necessário que a criança tenha contato com o máximo de alimentos de maneira individual. É bom quando ele sente o sabor, a textura e o aroma de cada alimento. Da mesma forma, é fundamental ter pedacinhos para ele aprender a mastigar, pois somente assim ele vai conseguir fortalecer os músculos que precisa.

 

Além disso, é importante ter uma cadeira de alimentação, esse item proporciona conforto e segurança ao bebê e assim ele se sente mais à vontade para experimentar os alimentos que você irá oferecer.

 

Como oferecer verduras na introdução alimentar

Quando o bebê começa a ingerir os alimentos, o prato deve conter os 5 grupos de alimentos abaixo:

  • Verdura: couve ou alface ou rúcula ou espinafre.
  • Carboidratos: batata ou mandioca ou arroz ou macarrão.
  • Proteína: frango ou ovo ou peixe ou carne vermelha. 
  • Leguminosas: ervilha ou lentilha ou feijão ou grão de bico.
  • Legume: beterraba ou chuchu ou abóbora ou abobrinha.

 

Receita de Espinafre

Ingredientes:

  • Azeite extravirgem
  • 1 maço de espinafre
  • 1 dente de alho

Modo de preparo:

Primeiramente, refogue o alho no azeite rapidamente para não ter o risco de queimar. Adicione o espinafre e refogue por 5 a 10 minutos – dependendo do tamanho do maço. Em seguida, em uma tábua, utilize algum item para bater no espinafre e remover pedaços grandes.

Se achar melhor oferecer couve, veja essa receita:

Ingredientes:

  • Azeite extravirgem
  • Tomilho 
  • 1 maço de couve

Modo de preparo:

Corte a couve de modo que ela fique bem fininha (pique também na transversal para que não fique pedaços grandes demais). Adicione um fio de azeite, refogue a couve e uma porção de tomilho bastante picadinho por cerca de 15 minutinhos.

A carne deve estar no primeiro prato

 

Quando você começa a servir o almoço para a criança, a carne pode e deve ser incluída no cardápio. Ela é considerada uma proteína e é importante diversificar: um dia frango ou peixe, outro dia carne e até mesmo o ovo. Confira como preparar o bife:

 

Ingredientes:

  • Azeite extravirgem
  • Filé mignon

Modo de preparo:

Em uma frigideira, adicione um fio de azeite e logo depois um bife de filé mignon. Deixe fritando dos dois lados até ficar cozido. De forma alguma sirva a carne crua! Pique em pequenos pedaços, como se fosse carne moída, e ofereça. Se quiser, pode variar utilizando carne moída de patinho.

 

No grupo de carboidratos, essa receita com batata é excelente:

Ingredientes:

  • Azeite extravirgem
  • Alecrim
  • 500g de batata

Modo de preparo:

Primeiramente, descasque as batatas e pique em cubos médios. Depois que a água ferver, cozinhe por 15 minutos. Remova a água e coloque em uma assadeira. Tempere a batata com azeite e um pouco de alecrim cortadinho. Coloque no forno pré-aquecido a 180 graus por aproximadamente 20 minutos. Para finalizar, tire e amasse.

 

Os legumes são os mais fáceis de fazer

Geralmente, os legumes são os mais simples de fazer. Confira como preparar uma deliciosa abobrinha:

 

Ingredientes: 

  • Azeite extravirgem
  • Alho-poró
  • 2 abobrinhas grandes

Modo de preparo: 

 

Corte o alimento em pequenos cubinhos, o menor tamanho que você conseguir. Depois, refogue o alho-poró em um fio de azeite, adicione a abobrinha e refogue por pelo menos mais 25 minutos (se for preciso, adicione um pouco de água). Tire da panela e amasse bastante.

 

Por fim, não se esqueça, a introdução é uma fase de bastante aprendizado e o mais importante não são as receitas elaboradíssimas, mas sim a diversidade dos alimentos oferecidos de maneira individual.

 

Da mesma forma, não tem o melhor alimento ou melhor receita. É necessário que a criança seja exposta a variedade. Algumas preferem a abobrinha, outras a beterraba ou o chuchu e está tudo bem. Cada criança é de um jeito. Mesmo assim, não deixe de oferecer todos os alimentos.

 

Para concluir, uma última sugestão: na introdução alimentar, não fique preso a quantidade que a criança vai comer. Qualidade é bem melhor que quantidade.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Jornal A Tribuna

Deixe uma resposta