Lissauer será reempossado na Mesa Diretora da Assembléia Legislativa na 2ª-feira, dia 1º

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

O deputado Lissauer Vieira tomará
posse dia 1º, para mais um biênio
na presidência da Alego

Nova Mesa Diretora da Assembleia toma posse na 2ª-feira, dia 1º

Em solenidade restrita devido às medidas de distanciamento social, o Legislativo goiano empossa, na segunda-feira, 1º de fevereiro, às 15 horas, a Mesa Diretora que conduzirá os trabalhos da Casa durante o biênio 2021-2023. O evento será híbrido, com a presença, no plenário Getulino Artiaga, apenas dos deputados que tomarão posse nos cargos da nova direção, e de algumas autoridades. A sessão será transmitida, ao vivo, pela TV Assembleia, e pelo site da Alego, que fará a cobertura institucional, em tempo real.

A sessão solene para a posse da nova Mesa Diretora, que conduzirá os trabalhos do Parlamento goiano, durante o segundo biênio da 19º Legislatura, será na próxima segunda-feira, dia 1º de fevereiro, às 15 horas, no plenário Getulino Artiaga. O presidente da Assembleia, deputado Lissauer Vieira (PSB), será reempossado no cargo e outros sete parlamentares assumirão suas respectivas funções.

Em razão da pandemia de covid-19, a direção da Casa realizará essa sessão de forma híbrida, devendo comparecer ao Palácio Alfredo Nasser apenas o presidente, os demais membros da Mesa Diretora que serão empossados e algumas autoridades. Os outros deputados estaduais participarão da solenidade por meio do sistema remoto que já é utilizado pela Alego.

Familiares, amigos, apoiadores políticos, imprensa e a população em geral poderão acompanhar a sessão, ao vivo, pela TV Assembleia, no canal 3.2 da TV Aberta, no canal 8 da NET Claro e, ainda, pelo Youtube. O site oficial da Casa, o portal.al.go.leg.br, também fará a cobertura institucional, em tempo real.

Para a ocasião, foram convidados o governador Ronaldo Caiado (DEM); o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos); o presidente da Câmara Municipal, Romário Policarpo (Patriota). E, ainda: o novo presidente do Tribunal de Justiça (TJ-GO), Carlos Alberto França; além de representantes dos Tribunais de Contas do Estado e dos Municípios.

A eleição para a nova Mesa Diretoria ocorreu no dia 30 de outubro de 2019, após uma adequação ao Regimento Interno da Alego, que antecedeu a data do processo sucessório. A antecipação do pleito foi definida por meio da matéria de nº 3912/19, aprovada no dia 22 de outubro do mesmo ano.

O ritual

O atual 1º vice-presidente, deputado Dr Antônio (DEM), abrirá a sessão solene, designará comissões para conduzir às autoridades à mesa dos trabalhos e, em seguida, o Hino Nacional será executado. Dr Antônio dará a posse ao presidente eleito, deputado Lissauer Vieira, que, logo após, assume a condução dos trabalhos e dará posse aos demais membros da Mesa Diretora.

Posteriormente, Lissauer transferirá a presidência da sessão ao primeiro vice-presidente recém-empossado, deputado Henrique Arantes (MDB), para que possa ocupar a tribuna.  Ao fazer uso da palavra, o presidente apresentará sua plataforma de trabalho para os próximos dois anos.

A Mesa Diretora

Lissauer Vieira (PSB) – Presidência – 37.550 votos em 2018 – Representante do Sudoeste goiano, Lissauer Vieira defende a bandeira do agronegócio. Sua trajetória política teve início nos bastidores, na coordenação de campanhas políticas. Em Rio Verde, foi secretário de Comunicação, cargo que ocupou até ser eleito deputado estadual pela primeira vez, em 2014. Foi eleito em fevereiro de 2019, presidente do Poder Legislativo e, agora, será reempossado no cargo.

Henrique Arantes (MDB) – 1ª vice-presidência – 20.556 votos em 2018 (foi eleito pelo PTB, posteriormente filiou-se ao MDB) – O deputado municipalista Henrique Arantes está em seu terceiro mandato na Assembleia Legislativa de Goiás. Antes, já havia sido eleito vereador de Goiânia, em 2008. O parlamentar segue os passos do pai, o ex-deputado federal Jovair Arantes. Ao licenciar-se das atividades parlamentares, ele exerceu outras funções entre os anos de 2011 e 2013, entre elas, de secretário de Estado de Cidadania e Trabalho, administrando importantes programas do Executivo, como o Renda Cidadã.

Cairo Salim (Pros) – 2ª vice-presidência – 18.579 votos em 2018  Foi eleito deputado estadual pela primeira vez, ao disputar, pela segunda vez, cadeira na Casa de Leis. Ele começou a trajetória política aos 16 anos de idade, filiando-se ao MDB, e atuando em diversas esferas, como na Associação de Jovens Empresários e Empreendedores (Acieg-Jovem). Como suplente, assumiu vaga na Câmara Municipal de Goiânia, em 2016, e no pleito de 2018, conquistou votos suficientes para legislar pelo estado.

Major Araújo (PSL) – 3ª vice-presidência – 38.278 votos em 2018  O policial militar da reserva tem cadeira na Assembleia Legislativa de Goiás desde 2010, quando foi eleito deputado estadual pela primeira vez. Antes, ele atuou como vereador de Goiânia por três meses, já que era o primeiro suplente de seu antigo partido, o PRB.

Álvaro Guimarães (DEM) – Primeira Secretaria –  23.788 votos em 2018  Entre eleições e suplências, o decano inicia seu sétimo mandato como deputado estadual. Antes, já havia atuado como vereador em sua cidade natal, Itumbiara. Além de legislador, ele assumiu também cargos do Executivo durante sua trajetória política. Álvaro Guimarães compõe a base do governador Ronaldo Caiado, com forte eleitorado no Sul do estado. Bacharel em Direito, além de parlamentar, ele é agropecuarista e empresário.

Julio Pina (PRTB) – Segunda Secretaria –  13.148 votos em 2018 – O maranhense é filiado a seu partido há mais de dez anos, atualmente atuando como vice-presidente estadual da sigla. Ganhou notoriedade em Senador Canedo ao trabalhar como conselheiro tutelar e, mais tarde, como secretário municipal de Saúde. Foi o 2º vice-presidente da Mesa Diretora, na gestão que se finda.

Tião Caroço (sem partido) – Terceira secretaria –  31.407 votos em 2018 pelo PSDB – Tião Caroço já é conhecido da Assembleia Legislativa de Goiás, já que, anteriormente, foi eleito por duas vezes deputado estadual (1994 e 1998). No ano de 2000, assumiu a prefeitura de Formosa, sendo reeleito em 2004. Antes de terminar o mandato, assumiu cargo de conselheiro no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), onde permaneceu até 2018.

Iso Moreira (DEM) – Quarta Secretaria – 24.963 votos em 2018  O agropecuarista e empresário nasceu em Mambaí. Sua carreira política teve início em 1992, quando foi eleito prefeito de Simolândia, no Nordeste goiano. Em 1998, candidatou-se pela primeira vez a deputado estadual, assumindo cadeira em 2001, como suplente. Em 2019, ele iniciou seu sexto mandato parlamentar. Foi, também em 2019, eleito para a 4ª secretaria da Mesa Diretora e, agora, será reconduzido ao cargo.

 

Agência Assembleia de Notícias
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Denizar de Sá - CEO Denizar A Tribuna
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×