Reeleito, Lissauer comandará novo biênio da Alego, que terá como marco a inauguração da nova sede

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

O deputado Lissauer Vieira foi
reeleito para o biênio 2021/2023
na presidência da Alego
e a posse será dia 1º de fevereiro 

Atual presidente do Legislativo afirmou que continuará
se norteando pelos pilares do diálogo e independência,
mas mantendo a harmonia entre os Poderes

O presidente reeleito da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), deputado Lissauer Vieira (PSB) e outros seis parlamentares que irão compor a Mesa Diretora do segundo biênio da 19ª Legislatura tomam posse, em sessão solene, na próxima segunda-feira, 1º de fevereiro, a partir das 15 horas. A cerimônia será realizada no Plenário Getulino Artiaga de forma híbrida e restrita, seguindo o protocolo de segurança recomendado pelas autoridades sanitárias. O evento será transmitido ao vivo pela TV Assembleia e Youtube da Alego.

Eleita em pleito antecipado, que foi realizado no dia 30 de outubro de 2019, a nova Mesa Diretora do Legislativo goiano para o biênio 2021-2023, será composta por: Lissauer Vieira, presidente; Henrique Arantes (MDB), primeiro vice-presidente; Cairo Salim (Pros), segundo vice-presidente; Major Araújo (PSL), terceiro vice-presidente; Álvaro Guimarães (DEM), primeiro secretário; Julio Pina (PRTB), segundo secretário; Tião Caroço (sem partido), terceiro secretário; e Iso Moreira (DEM), quarto secretário.

Para a ocasião, foram convidados o governador Ronaldo Caiado (DEM); o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos); o presidente da Câmara Municipal, Romário Policarpo (Patriota). E, ainda: o novo presidente do Tribunal de Justiça (TJ-GO), Carlos Alberto França; além de representantes dos Tribunais de Contas do Estado e dos Municípios.

Lissauer será reconduzido ao cargo afirmando que continuará se norteando pelo diálogo e independência, mas mantendo a harmonia entre os poderes. “Com esse equilíbrio e condução coerente por meio do diálogo, mas nunca deixando de lado a nossa independência, vamos conduzir a Mesa Diretora do segundo biênio com transparência, pensando no melhor para a nossa população. Não existe outro motivo de estarmos na vida pública se não for para beneficiarmos o coletivo, o povo goiano”, disse.

Uma das metas para o novo biênio, destacadas pelo presidente, é fazer com que o Parlamento contribua com a retomada econômica do Estado, em virtude da crise financeira e das dificuldades enfrentadas desde o início da pandemia da Covid-19. Segundo Lissauer, o objetivo é respaldar projetos que visam a geração de emprego e renda, em parceria com o Executivo estadual, mantendo o alinhamento entre os Poderes e órgãos autônomos para a tomada de decisões que impactam o desenvolvimento do estado.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, chapéu, céu e atividades ao ar livre

Esse ano também será de grande conquista para o Legislativo goiano, uma vez que o presidente deverá inaugurar, até o final de 2021, a nova sede do Parlamento, no Park Lozandes, região Leste de Goiânia. A nova Casa de Leis será um prédio atual, moderno e acessível, que receberá melhor a população goiana e seus representantes, consolidando um novo marco para a democracia de Goiás.

Em relação aos trabalhos legislativos, o presidente afirma que a tendência é de que 2021 seja um ano mais tranquilo, já que a tramitação das matérias mais polêmicas foi concluída. Recentemente, em sessão extraordinária convocada pelo presidente, a Casa votou a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício financeiro de 2021, entre outros projetos importantes para o Estado. Os deputados comemoraram o aumento do valor das emendas impositivas que cada paramentar tem direito, previstas na LOA 2021, que tiveram um acréscimo de R$ 100 mil. Com isso, cada um dos 41 deputados da Alego terá direito a R$ 5,6 milhões de recursos no orçamento do Estado. Para Lissauer, essa é uma das grandes conquistas de sua gestão, que entrará para a história do Parlamento.

“As emendas impositivas foram conquistadas em nossa gestão após muito diálogo junto aos parlamentares e ao governador Ronaldo Caiado. Hoje, todos os deputados, independentemente de partido, têm a garantia de suas emendas e, claro, quem ganha com isso é toda a população do nosso estado”, destacou.

Ainda relembrando algumas conquistas da primeira gestão à frente da presidência da Alego, Lissauer destacou a rápida atuação da Alego diante da maior crise sanitária dos últimos anos. A Assembleia goiana foi a primeira do País a realizar sessões virtuais, apenas uma semana após a interrupção das atividades, se reinventando de forma rápida para auxiliar o governo de Goiás no enfrentamento à pandemia, com a aprovação de projetos fundamentais no combate à doença, como a estadualização dos hospitais em todas as regiões do estado, a aprovação de mais de R$ 350 milhões para o combate à covid-19, destinação de R$ 10 milhões de recursos da Alego ao Governo Estadual, dentre outras ações.

Posteriormente, a Casa inovou ainda mais e criou as sessões híbridas, que permitem a participação virtual ou presencial do parlamentar. Em todo processo, a Casa teve cuidado para manter a transparência das atividades, o que deve ser aprimorado em 2021.

Posse da Mesa Diretora

– Segunda-feira, 1º de fevereiro, às 15h.
– Plenário Getulino Artiaga.
– Sessão Solene Híbrida com participação restrita (imprensa só mediante credenciamento pelo site da Alego).

Algumas metas da Mesa Diretora para o biênio 2021/2023:

– Independência e Diálogo com os poderes;
– Ampliar a Transparência dos atos;
– Quórum positivo;
– Bom direcionamento dos recursos públicos;
– Reverter a crise financeira;
– Alavancar a geração de emprego e renda em Goiás (Projeto Goiás A Gente Faz);
– Conclusão da Nova Sede;
– Fortalecimento da Escola do Legislativo;

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Denizar de Sá - CEO Denizar A Tribuna
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×