Tragédia em Rio Verde: Acidente causa morte de dois PMs e motorista será indiciado

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Motorista que provocou acidente
onde vitimou dois militares será
indiciado por homicído, diz delegado da PC

A imagem pode conter: 2 pessoas

A Polícia Civil informou que vai indiciar, por homicídio doloso, quando há a intenção de matar, o motorista que provocou o acidente de trânsito onde um soldado e um cabo da Polícia Militar morreram e outros dois policiais ficaram feridos, em Rio Verde, na região sudoeste de Goiás. Em depoimento, ele alegou que não viu o carro da corporação.

O acidente aconteceu na tarde de quinta-feira (28), quando a equipe ia atender a uma ocorrência. Segundo o delegado Stanislão Monserrat, o motorista que dirigia a camionete, Luiz Carlos Ferreira, de 53 anos, furou o sinal de pare e acabou atingindo a viatura onde estavam os militares. A perícia concluiu que nenhum dos policiais usava o cinto de segurança no momento do acidente.

O G1 tentou contato com a defesa de Luiz Carlos, por telefone, às 14h58 e às 15h43 desta sexta-feira (29), para pedir um posicionamento sobre o caso, mas as ligações não foram atendidas.

“O motorista será indiciado por homicídio doloso, por dolo eventual, porque nas condições que eu verifiquei, não tinha nem frenagem no pneu. Ele simplesmente deveria estar fazendo alguma outra coisa na direção do veículo, menos prestar atenção na via”, disse.

Após ser ouvido, o motorista foi encaminhado ao presídio de Rio Verde, onde permanece preso até a tarde desta sexta-feira. Ainda segundo o delegado, o indiciamento se justifica porque, mesmo sem querer efetivamente provocar o acidente, ele assumiu o risco de matar no momento que não prestou atenção na direção do veículo.
“O campo de visão dele estava limpo. Tinha um lote baldio bem na esquina. Ele poderia ter visto a caminhonete, mas simplesmente alega que não viu. Bateu na parte de traz, e a caminhonete acabou capotando e lançando os policiais para fora do veículo”, afirmou.

O acidente causou a morte de Matheus Souza Cunha, de 24 anos, que dirigia a caminhonete da corporação e morreu no local. Rafael Francescato de Lima, de 38 anos, que chegou a ser encaminhado para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Os outros dois policiais que estavam no veículo foram encaminhados a um hospital particular de Rio Verde, onde seguem internados até a tarde desta sexta-feira. Conforme apurou a TV Anhanguera, o estado de saúde deles é grave.

Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte dos policiais.

Fonte: G1

A imagem pode conter: 2 pessoas
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Denizar de Sá - CEO Denizar A Tribuna
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×